Apresentacao

UMA BALADA FEITA POR AMIGXS. Desde 2006. Heroica e ininterruptamente. Uma festa realizada de afetos. E é isso o que nos salvará. É o que reinará e sobrará, sempre, em épocas tão sombrias. Ela, a amizade. Que une, por exemplo, há tanto tempo, artistas como Alzira E, Tetê Espíndola e Ney Matogrosso. Presentes no show exclusivo e inédito que abre esta décima primeira edição em homenagem a Caio Fernando Abreu. Muitos parceiros, aliás, do escritor gaúcho, irmãos de caminhada, vieram trazer a ele, do dia 23 a 27 de novembro, um eterno abraço. É só passar o olho pela extensa programação adiante e notar de que sentimento a Balada Literária é (e sempre foi e será) feita. Do respeito ao outro. Do amor, verdadeiro, aos próximos. E aos diferentes. Uma celebra­ção, humana, que só foi possível graças ao socorro que nos deram, urgentemente, os antigos amigos do Itaú Cultural. Somados ao carinho dos veteranos parceiros do SESC. E à costumeira cumplicidade da Livraria da Vila, do Centro Cultural b_arco e de tantas outras forças em comum. O entusiasmo que move desde a equipe de produção ao público e artistas convidados. Esta certeza de que estamos juntos.
Em uma luta sem fim. Apesar de tudo, cada vez mais fortes e irmanados. Valeu, axé, avante e nosso muito obrigado.


Onde acontece a Balada

Redes Sociais

Equipe

Logo
  • Criação, Curadoria
    e Direção Geral

    Marcelino Freire

  • Produção

    Galileo Gagliardi, Jarbas Galhardo,
    Jorge Ialanji Filholini, Nenê Rodrigues
    e Tânia Reis

  • Assistência de Produção

    Edu Xavier e Fernando Galvez

  • Mídias Sociais

    Denio Maués

  • Produção Fotográfica

    Mario Miranda Filho

  • Assessoria de Imprensa

    Juliana Gola

  • Site e Folheto

    Bruno Brum e Mozart Brum (br1 Design)


A Balada Literária tem entrada franca, exceto o show de abertura no Auditório Ibirapuera, o Transarau e o projeto Estados de Poesia, a preços populares. No Itaú Cultural, serão distribuídas senhas uma hora antes das atrações.