Balada Literária promove o curso ‘Gestão e Produção Cultural’, com Patricia Ioco

Balada Literária promove o curso ‘Gestão e Produção Cultural’, com Patricia Ioco

Balada Literária e a Pi Cultural promovem o curso ‘Gestão e Produção Cultural’, com Patricia Ioco. Serão doze encontros virtuais. Antecipe as oportunidades de viabilização do seu projeto. Não espere o edital abrir para começar a escrever.

Serão 12 encontros – via plataforma Zoom -, 8 em formato aula e 4 com participações de especialistas em temas relevantes da área. Aos sábados das 10h às 12h30 – 7, 14, 21, 28/05, 04, 11, 18 e 25/06. Encontros especiais – terças-feiras: 07, 14, 21 e 28/06 das 19h30 às 22h. O valor do curso é de R$600,00, mas esta primeira turma recebe 50% de desconto, sendo R$300,00 o custo total. Inscrições em breve e exclusivas pelo site www.baladaliteraria.com.br. Vagas limitadas para 20 pessoas.

DINÂMICA E TÓPICOS ABORDADOS

O ato criativo de estruturar e realizar projetos culturais.

Esta oficina tem o objetivo de servir como prática de criação e desenvolvimento de projetos culturais. Faz parte da proposta aprofundar conceitos e ampliar o olhar para a gestão de projetos culturais e criativos.

Realizada em 12 encontros, o objetivo é colocar a ideia no papel e enxergar como ela se sustenta em pé.

A partir de trocas e exercícios práticos, cada participante poderá experimentar ferramentas de modelagem, técnicas de estruturação de projetos, exercitar a construção de cronogramas, orçamentos, planos de comunicação e traçar estratégias de viabilização e realização do seu projeto.

O percurso da oficina será sustentado por fundamentos que encorajem a autonomia. Cada participante apresenta ao grupo sua ideia e desse compartilhamento são propostos exercícios coletivos e individuais. O compromisso é criar um ambiente seguro para o pensamento livre e o incentivo às dinâmicas íntimas entre criador e criatura, etapa essencial de diferenciação e identificação das marcas autorais dos projetos, que contará com apoio e mediação da produtora e gestora cultural Patricia Ioco. Do 5° ao 8° encontro, serão realizadas as práticas de confecção de planilhas do planejamento executivo.

Além das aulas aos sábados, no segundo mês de oficina, haverá 4 encontros realizados às terças-feiras a noite com a participação de convidadas e convidados sobre temas específicos: Plano de Comunicação para produtos culturais; Estratégias de Marketing e viabilização de projetos (Leis de Incentivo Fiscal; Patrocínio Direto, Incentivo Privado, construção de Parcerias e Relacionamento com Patrocinadores); Avaliação de Projetos – Como avaliar impactos? Falaremos sobre ações afirmativas, linguagem inclusiva, acessibilidade, democratização de acesso, Indicadores ODS e outros temas de interesse do grupo.

Haverá um encontro específico para leitura de editais de acordo com o interesse do grupo e dicas de como montar o seu próprio roteiro de editais para o seu planejamento. Dentre os principais estão PROAC, FMCs, Natura, Oi Futuro, Rumos e outros prêmios. O recado é: Antecipe as oportunidades de viabilização do seu projeto. Não espere o edital abrir para começar a escrever.

O que diferencia essa oficina de outras sobre formatação de projetos e produção cultural?

•      Incentivo à modelagem de projetos autênticos. É objetivo da oficina conduzir artistas, produtora(e)s ou gestora(e)s na identificação da marca autoral de seus projetos.

•      Troca e compartilhamento de experiências de gestão cultural em diversos segmentos e linguagens.

•      Incentivo ao planejamento estratégico na prática criativa.

•      Instrumentalizar gestores na construção de índices de avaliação e mensuração de impactos de seus projetos. Instigar a criação de projetos comprometidos com agendas afirmativas.

•      O que a torna única são as pessoas, seus sonhos e os repertórios que compõem seus potenciais criativos.

PATRICIA IOCO

Gestora de projetos culturais, consultora e curadora de conteúdo de eventos culturais pela PI Cultural. Formada em Comunicação Social, com Pós-Graduação em Gestão de Cidades e Empreendimentos Criativos pela Universidad Nacional de Córdoba, seu trabalho é focado em potencializar o papel social da arte e da cultura na sua contribuição para a sociedade. Iniciou na produção executiva de programas da TV Cultura onde trabalhou por 9 anos, Idealizou e realizou mais de 20 festivais culturais como a FLIM – Festa Literomusical do Parque Vicentina Aranha, Festival Cordas na Mantiqueira, São Chico das Violas, Elos da Língua, muitos deles incentivados ou contemplados pelo ProaC. Atua na produção remota da Balada Literária desde 2021, e projetos como Vivências Literárias do Itaú Social, Amefricanidade: O caminho das mulheres negras do SESC, entre outros.

Deixe um comentário