Balada Literária Mês a Mês começa dia 30 de janeiro de 2021

Balada Literária Mês a Mês começa dia 30 de janeiro de 2021

A Balada Literária ganha novo formato, com conteúdos mensais on-line, que vão se somar à já consagrada edição do festival, que acontecerá em novembro. Na Balada Literária Mês a Mês estão programadas aulas especiais, shows inéditos, conversas ao vivo e oficinas literárias.

Para começar, a inauguração da “Sala Paulo Freire”, tendo como convidada a educadora Ana Mae Barbosa, que falará sobre a pedagogia do educador pernambucano, cujo centenário será comemorado este ano. Logo em seguida, a “Balada Tem Memória” apresenta um show com Cátia de França, realizado na edição 2020. O evento termina com uma live unindo os poetas Nelson Maca e Sérgio Vaz.

SOBRE A BALADA LITERÁRIA

A Balada Literária nasceu em 2006. Foi durante uma edição da Festa Literária Internacional de Paraty que Marcelino Freire resolveu fazer a própria festa, tomando como inspiração e referência a Vila Madalena, em São Paulo, bairro em que ele reside há quase três décadas. Mobilizou livreiros, donos de bar, donos de sebo, escritores e escritoras e fez uma primeira edição modesta, sempre reunindo autores de todos os gêneros sexuais e literários, nacionais e internacionais. Virou essa a cara do evento: a cara da diversidade.

A Balada já acontece também em Teresina (desde 2017) e em Salvador (desde 2015). Já passaram pela Balada, entre outros, Adélia Prado, Adriana Calcanhotto, Amara Moira, Ana Maria Gonçalves, Antônio Cândido, Áurea Martins, Binho, Caetano Veloso, Chico César, Conceição Evaristo, Emicida, Gog, João Ubaldo Ribeiro, José Luandino Vieira, Lygia Fagundes Telles, Mia Couto, Ondjaki, Phedra de Córdoba, Rogéria, Sérgio Vaz, Ney Matogrosso, Valter Hugo Mãe, Wagner Moura e Tom Zé.

Veja abaixo a lista dos homenageados e homenageadas do evento nessas suas quinze edições:

2006 – Glauco Mattoso
2007 – Roberto Piva
2008 – Tatiana Belinky
2009 – João Silvério Trevisan
2010 – Lygia Fagundes Telles
2011 – Augusto de Campos
2012 – Raduan Nassar
2013 – Laerte
2014 – Carolina Maria de Jesus e Plínio Marcos
2015 – Suzana Amaral
2016 – Caio Fernando Abreu
2017 – Torquato Neto
2018 – Alice Ruiz e Itamar Assumpção
2019 – Paulo Freire
2020 – Geni Guimarães (Balada Literária Virtual)

2021 – Eliane Potiguara e Geni Guimarães (previstas)

Deixe uma resposta